• criancasdavila

Crianças da Vila

A Associação de Protecção dos Menores e da Família – Crianças da Vila – foi criada Agosto de 2005, como Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) e tem como objectivos gerais promover, dinamizar e organizar serviços comunitários de apoio à criança, ao jovem e à família, assim como o apoio à sua integração social e comunitária, proceder ao estudo interdisciplinar das questões relativas à protecção judiciária e administrativa dos menores e da família.
A Associação tem também objectivos específicos, tais como:
a) Criar e gerir, através de acordos de gestão de instalações e equipamentos pertencentes ao Estado ou a Autarquias Locais ou por qualquer outra forma, Centros de Acolhimento Temporário e Lares de Infância e Juventude;
b) Definir e executar acções de apoio à infância, à juventude, às famílias e à sua integração social e comunitária;
c) Definir e executar acções de apoio à população carenciada do concelho da sede;
d) Criar esquemas de acção permanente de prevenção e de educação, com vista à solução das situações de abandono e maus tratos na infância;
e) Colaborar com outras associações ou organismos, nacionais ou internacionais, que se interessem ou trabalhem no domínio da protecção da infância, juventude e família.

Entre outros:

DEVER PARENTAL e JOVEM+
Resultado da parceria com as Comissões de Protecção de Crianças e Jovens de Sintra (Ocidental e Oriental), desenvolvem o projecto “Dever Parental”, com o intuito de acompanhar as Medidas aplicadas por aquelas, de modo a que a sua intervenção proceda a uma real e duradoura remoção do perigo de maus tratos e negligência, desenvolvendo as competências pessoais, sociais e parentais dos pais ou cuidadores, estando a criança integrada no seio da sua família. Trata-se de um projecto local de trabalho próximo e directo com as famílias sinalizadas no concelho.

ACÇÕES DE APOIO À CRIANÇA, AO JOVEM E À FAMÍLIA
Distribuição pontual de cabazes a famílias seleccionadas e acompanhadas na CPCJ Sintra.

MIÚDOS, VAMOS MUDAR A ESQUADRA!
A Associação constatou que algumas Esquadras ainda se debatem com a real impossibilidade de criação da sala de apoio à vítima por falta de espaço físico nas suas instalações. Outras, por outro lado, destacaram uma sala para esse efeito e mobilizaram a sua vontade em torná-la adequada. No entanto, resultado da prática do dia-a-dia a PSP vem sentido a falta de recursos como um factor, por vezes, dificultador do melhor exercício da suas funções. Por outro lado, as problemáticas da actuação na protecção das crianças vão ganhando espaço na intervenção das forças de segurança e na comunidade em geral, deixando de ser entendida como função exclusiva das Comissões de Protecção de Crianças e Jovens. Assim, a Associação propôs a parceira à 1ª Divisão da PSP de Lisboa (2ª Esquadra – Praça do Comércio) com vista à concretização deste Projecto Piloto de humanização das salas de apoio à vítima, intitulado “MIÚDOS, VAMOS MUDAR A ESQUADRA!”, de forma a torná-las mais acolhedoras às crianças e à vítima em geral. Foi nosso objectivo, igualmente, munir estas salas de equipamentos e recursos sentidos como necessários, como por exemplo, parque, fraldário, brinquedos, roupa de criança, fraldas, toalhetes, papas, leite, bolachas, barras de cereais, etc. Refira-se que esta sala poderá ainda ser um recurso para
situações de retiradas de crianças em procedimentos de urgência realizados pela PSP. Pretende-se promover este Projecto e torná-lo uma realidade em outras esquadras da PSP e postos da GNR, com o apoio da sociedade civil.

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO COM A PSP
O resultado deste projecto piloto foi bem aceite por todos, sendo a sua avaliação muito positiva. Assim, entendeu-se alargar esta parceira a outras Divisões da PSP, reconhecendo ainda a existência de interesses mútuos entre esta e a Associação, pelo que foi formalizado um protocolo de cooperação no dia 27 de Maio de 2011 no salão nobre do Comando Metropolitano de Lisboa.
Foram considerados como objectivos deste protocolo o Projecto “Miúdos, vamos mudar a esquadra!”, assim como alguns objectivos da própria Associação no âmbito da sua intervenção comunitária e com crianças e jovens, e o estudo interdisciplinar e formação.
Previram-se actividades conjuntas para concretização dos objectivos, nomeadamente realização e distribuição de folhetos e brochuras para dinamização dos projectos;
campanhas/ acções de formação conjuntas para sensibilização no domínio da protecção da infância, juventude e família, designadamente junto da comunidade escolar;
acções conjuntas no âmbito do Programa Integrado de Policiamento de Proximidade (PIPP) para abordagens de temáticas de violência doméstica ou juvenil, bulliyng, toxicodependência, segurança infantil e prevenção rodoviária; apoio às vítimas de crime e encaminhamento subsequente; reforço da colaboração entre as diferentes
autoridades que operam na domínio da protecção das crianças e da família e estudo e investigação da delinquência e inadaptação social da juventude.
Para o apoio financeiro a estas acções foi previsto no protocolo a possibilidade de recursos a entidades terceiras.

OUTRAS ACÇÕES: ACÇÕES DE FORMAÇÃO/ SENSIBILIZAÇÃO
A Associação dinamiza acções de formação e de sensibilização para técnicos de outras entidades com competência em matéria de infância e juventude.

PLATAFORMA DE PARCERIA
Plataforma Solidária: uma rede de apoio mútuo entre instituições para rentabilização de recursos. Neste âmbito é proposto a outras entidades com competência em matéria de infância e juventude rentabilizar os recursos existentes em cada uma delas, numa lógica de parceria e troca do que cada uma tem para partilhar com as demais. O exercício das acções a que cada entidade se propõe poderá ser melhor conseguido se as entidades trabalharem em articulação próxima, compartilharem as suas necessidades e dificuldades e partilharem o que dispõem. É certo que provavelmente o que uma tem que pode partilhar é o que outra sente como sua lacuna. Por outro lado, acções conjuntas podem trazer mais apoios para todas e alcançar maior sucesso na intervenção.

Visite o nosso site em http://pin.com.pt/conheca-a-associacao-criancas-da-vila/
Visite a nossa página do Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Contactos:
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Telefone: 214 582 140
Telemóvel: 910 460 460